17 de fevereiro de 2010

Dicionário ilustrado de marinha


Não existem muitos dicionários portugueses de marinha. Pela minha parte conheço apenas três. O “Dicionário ilustrado de marinha” de António Marques Esparteiro é um clássico obrigatório para quem se interesse por barcos e coisas do mar. Durante muitos anos quis adquirir um, mas foi impossível uma vez que a sua edição se encontrava esgotada há décadas. Inclusivamente cheguei a procurar em alfarrabistas.
A sua editora, a Clássica Editora, lá resolveu reeditá-lo, com a colaboração da Marinha Portuguesa. Assim surgiu a 2ª edição em Novembro de 2001, (revista e actualizada por J. Martins da Silva) o que me permitiu obter o exemplar que tenho agora na minha estante. Chama-se “dicionário ilustrado”, mas não se trata de uma coisa com muitas fotos ou bonecos. Tem, outrossim, algumas ilustrações simples, num estilo característico da época da primeira edição. O “Vocabulário marujo”, a que me referi num “post”aqui afixado em 17 de Junho de 2009 é o segundo dos três dicionários de marinha que conheço (portugueses). Pode ser descarregado gratuitamente da internet. Numa outra ocasião referir-me-ei ao terceiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário